REGIÃO

Programa Música Salva encerra Semana de Mobilização e Conscientização Contra as Drogas

A Secretaria de Saúde e Vigilância Epidemiológica de Castilho encerrou oficialmente nesta manhã de sexta-feira (24) as atividades desenvolvidas nos últimos 15 dias com o objetivo de conscientizar toda a comunidade local sobre a gravidade do consumo de drogas e seus efeitos severos em pacientes sob tratamento e seus familiares.

A intensa programação começou no início da semana passada, com o lançamento de uma série de seis vídeos institucionais com entrevistas reais realizadas com cidadãos que lutam contra o vício e também com seus familiares.

Intitulada “O Problema É Nosso”, a série também serviu como convite para que profissionais de Saúde e demais representantes da sociedade pudessem comparecer ao I Fórum Municipal de Saúde Mental e Drogadição, realizado durante toda a manhã desta quarta-feira (22), no Anfiteatro do CIEC. O sucesso e ampla divulgação acabaram transformando o evento em um acontecimento regional, atraindo representantes da Saúde Pública de várias cidades vizinhas.

Na noite anterior ao evento principal da programação, a secretária Márcia Zoteli e o Prefeito Paulo Boaventura realizaram um encontro especial com o grupo “Acolher Com Amor e Limites”, que presta atendimento emocional e terapêutico tanto àqueles que lutam para livrar-se do vício quanto aos seus familiares.

Já nesta quinta-feira à noite, o CIEC voltou a receber os funcionários públicos ligados à Secretaria de Saúde com uma palestra motivacional com o tema “Empatia na Prática”. O Psicólogo clínico e coach profissional Júlio César da Silva, foi o convidado de Márcia Zoteli para falar sobre o tema e agir como facilitador do diálogo com o funcionalismo público. Para cumprir essa nobre missão, Júlio César usou sua rica bagagem profissional trilhada nos últimos 06 anos, atendendo diariamente e conduzindo indivíduos e equipes a trilhar novos passos com coragem, confiança, motivação e engajamento.

Por fim, a semana de mobilização para enfrentamento das doenças de saúde mental e drogadição foi encerrada com a presença dos músicos integrantes da Oficina Municipal de Violinos, que participam do programa MÚSICA SALVA. Criado pelo setor de Cultura da Prefeitura de Castilho, o programa revesa suas apresentações mensais entre o Hospital José Fortuna e o Centro Integrado de Saúde, com o objetivo de proporcionar momentos de encantamento musical àqueles que esperam atendimento médico nestas ocasiões. Na visita realizada nesta manhã de sexta-feira, Márcia Zoteli e a assessora de Cultura, Nê Adono, percorreram todos os corredores internos do CIS acompanhados pelo trio de violinistas e suas belas canções. Na sala de espera principal, eles executaram três músicas entre aplausos e filmagens dos pacientes e funcionários. Até mesmo a Central de Ambulâncias foi incluída nesta que foi a 5ª apresentação do programa lançado no final do ano passado.

Todos nós da Secretaria de Saúde estamos satisfeitos com os resultados conjuntos de todo este trabalho que realizamos nos últimos quinze dias e cujo sucesso só foi possível graças ao apoio e incentivo incondicional do nosso prefeito Paulo Boaventura, e também às parcerias com as secretarias municipais de Educação, Cultura e Desporto, Assistência Social e Cidadania, Fundo Social de Solidariedade e, é claro, a sociedade castilhense e profissionais de toda a região que contribuíram com suas presenças e compartilhamento dos conhecimentos profissionais. Nosso próximo passo é a instalação de uma Câmara Técnica cuja missão será formular as políticas públicas castilhenses para enfrentamento às drogas e acolhimento aos usuários e familiares”, finalizou Márcia em sua avaliação final das atividades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar